Jogos Doom em Ordem de Data de LançamentoJogos Doom em Ordem de Data de Lançamento

Até agora, temos cinco jogos Doom principais, que são os que a iD Software criou. Além disso, existem vários pacotes, desenvolvimento de de terceiros, expansões e um título VR. NO total são 16 títutlos. Vamos conferir os jogos Doom em ordem de data de lançamento.

Jogos Doom em Ordem de Data de Lançamento

A Id Software é dona da franquia Doom e o estúdio está no comando de todos os títulos. Sua fórmula é simples, mas eficaz. São jogos de tiro em primeira pessoa onde você joga como um personagem "casca grossa". O “Doom Guy” é um fuzileiro espacial que “luta como o inferno” pela humanidade.

No geral, os jogadores lutam contra as forças do Inferno (demônios e mortos-vivos). Geralmente há um grande arsenal de armas, cada uma com funcionalidades e vantagens muito diferentes.

O personagem também tem uma armadura de ficção científica à sua disposição, a Praetor Suit.

Em alguns jogos, a armadura pode ser atualizada para oferecer vantagens extras defensivas, ofensivas e de mobilidade.
Aliás,a mobilidade é crucial na maioria dos jogos Doom: os games são rápidos, caóticos e furiosos.
Os jogadores precisam se mover rápido e trocar constantemente de armas para derrotar as crias infernais.

O design do jogo é linear o que significa que você deve completar vários níveis. Esses níveis funcionam como labirintos, com áreas principais, áreas laterais, itens colecionáveis e segredos ocultos.

No geral, a série Doom vem em três partes. Há a série Clássica (1993 – 1997), a era Doom 3 (2004 – 2012) e a série Reboot (2016 – ). Todos os jogos da série principal estão disponíveis para consoles modernos.

Série Clássica (1993 – 1997)

Doom - 1993 (Jogos Doom em Ordem de Data de Lançamento)

Doom – 1993 (Série Principal)

O Doom original estreou em 1993 para sistemas MS-DOS. Diferentes edições e ports estão disponíveis para Xbox One, PS4, Nintendo Switch, Android e iOS (e praticamente qualquer outro dispositivo eletrônico).

Era um FPS com gráficos 3D iniciais e modelos de personagens 2D. Um fuzileiro espacial sem nome passava por várias bases militares no Inferno e bases nas luas de Marte.
Cada masmorra tinha vários episódios e a área final tinha uma batalha contra um chefe.

Além disso, jogar os níveis exigia o gerenciamento de saúde, armadura e munição. Os inimigos eram "casca grossa", abundantes e cruéis. O arsenal incluía uma pistola, um rifle de plasma, power-ups e o poderoso BFG 9000.

O enredo não era tão significativo quanto a jogabilidade, mas ainda estava lá. O jogo teve três episódios e a história veio por meio de pequenos segmentos de texto entre esses episódios.

Depois que o “Doom Guy” agrediu um oficial superior, ele foi enviado em uma missão “suicida” para proteger uma força de combate em várias bases militares.

Doom II: Hell on Earth – 1994 (Jogos Doom em Ordem de Data de Lançamento)

Doom II: Hell on Earth – 1994 (Série Principal)

Hell on Earth estreou para sistemas MS-DOS em 1994 e Macintosh PCs em 1995. Atualmente, você pode encontrá-lo no Xbox 360, Xbox One, PS4, Nintendo Switch, iOS, Android e Windows.

Além disso, os desenvolvedores aproveitaram os novos hardwares dos computadores modernos para melhorar o mecanismo e criar níveis mais complexos. As masmorras se tornaram mais amplas e não lineares e cada nível tem mais demônios para derrotar.

A jogabilidade tinha 32 níveis, embora dois deles fossem níveis secretos. Os jogadores encontraram o dobro de variedade de inimigos, várias lutas contra chefes e um arsenal mais amplo. Particularmente, Doom II introduziu a icônica espingarda de cano duplo.

Quanto ao enredo, Doom II segue os eventos do primeiro jogo. Depois que Doom Slayer derrota Spider Mastermind, novos demônios abrem um portal para a Terra.
Os humanos sobreviventes escaparam em enormes naves espaciais, mas os demônios invadiram os últimos portos espaciais da Terra. O Space Marine é o único capaz de salvar a humanidade das hordas do Inferno.

Master Levels for Doom II - 1995 (Jogos Doom em Ordem de Data de Lançamento)

Master Levels for Doom II – 1995

Em 1995, a iD Software lançou a primeira expansão para Doom II. O pacote Master Levels trouxe 20 níveis extras com maior desafio e número de inimigos em comparação com o jogo base.

Thy Flesh Consumed (The Ultimate Doom) – 1995 (Jogos Doom em Ordem de Data de Lançamento)

The Ultimate Doom: Thy Flesh Consumed (Expansão para Doom II) – 1995

O quarto episódio do jogo original estreou como uma expansão pós-lançamento. Está disponível na versão Ultimate Doom e não na versão original. Dito isso, Ultimate Doom está disponível no Steam para plataformas Windows.

Thy Flesh Consumed estreou em 1995. É uma prequela de Doom II, onde o Doom Slayer luta contra uma invasão de demônios na Terra.
A Id Software estava desenvolvendo a série Quake na época, então estúdios terceirizados criaram a expansão. Em termos de jogabilidade, a expansão é mais desafiadora do que o jogo base.

Por fim, Ultimate Doom não é um shareware de código aberto. É o relançamento de varejo do jogo original.

Final Doom – 1996 (Jogos Doom em Ordem de Data de Lançamento)

Final Doom – 1996 (Desenvolvimento por Terceiros)

O grupo de modding TeamTNT lançou Final Doom em 1996 sob a supervisão da iD Software. Os desenvolvedores originais estavam trabalhando na saga Quake na época.

Final Doom estreou para MS-DOS, Macintosh PCs e PlayStation. Atualmente, está disponível também no Nintendo Switch, PlayStation 4 e Xbox One.

O título compila dois episódios independentes para Doom II. Cada episódio é uma campanha própria (Evilution e o Experimento Plutonmia).
A primeira parte é sobre vingar camaradas caídos; a segunda parte é sobre fechar os portões do Inferno.

Existem 32 níveis no jogo e a história se passa após Doom II. Em termos de jogabilidade, é quase o mesmo que Doom II, embora seja mais difícil do que as entradas anteriores. Por exemplo, não há regeneração de vida em Final Doom.

Doom 64 (1997) (Jogos Doom em Ordem de Data de Lançamento)

Doom 64 – 1997 (Desenvolvimento por Terceiros)

Doom 64 estreou para Nintendo 64 em 1997. A Bethesda lançou uma versão remasterizada em 2020 e está disponível para Windows, Nintendo Switch, PS4, Google Stadia e Xbox One.

A jogabilidade de Doom 64 é semelhante aos jogos anteriores. Os jogadores avançam por 28 níveis, 4 níveis secretos e hordas de demônios.
A diferença é que o jogo tinha um novo motor para melhorar muito os visuais, modelos de personagens, modelos de armas e desempenho.

A história segue Doom Guy depois de derrotar a invasão do Inferno na Terra. Uma nova missão envia o fuzileiro espacial para uma base da Union Aerospace Corporation para caçar uma entidade perigosa.
O novo inimigo parece ter altos níveis de radiação, tecido corrompido e habilidades para ressuscitar os mortos.

No entanto, tudo isso foi uma conspiração para prender Doom Guy no Inferno. Eles pensaram que prenderam o fuzileiro naval nos incêndios eternos, mas, na realidade, eles é que estavam presos no submundo com o matador de capirotos.

E assim, o jogo termina com o Doom Guy decidindo ficar no Inferno para sempre, garantindo que nenhum demônio surja novamente.

Era Doom 3 (2004 – 2012)

Doom 3 para PC - 2004 (Jogos Doom em Ordem de Data de Lançamento)

Doom 3 – 2004 (Série Principal)

Doom 3 (DOOM) estreou em 2004 para Windows. Mais tarde, tornou-se disponível para Linux, macOS X e Xbox. É a primeira reinicialização da série, apresentando uma nova história, mas elementos de jogabilidade e conhecimento semelhantes.

A história leva o Doom Guy a Marte no ano de 2145. Um conglomerado militar está pesquisando teletransporte, armas avançadas e armas biológicas. Esses experimentos abrem um portal para o Inferno, o que resulta em uma invasão demoníaca de Marte.
Desnecessário dizer que o Slayer derrota as hordas de demônios.

Doom 3 apresenta uma campanha baseada na história, com o objetivo principal de derrotar vários inimigos e alcançar os pontos de saída para completar os níveis. O jogo também apresenta NPCs com informações importantes, itens de inventário e objetivos.

O tiroteio está melhor do que nunca. Existem dez armas disponíveis, que incluem o BFG 9000 e armas de plasma experimentais. A variedade de inimigos é ampla e eles apresentam diferentes habilidades, fraquezas e comportamentos.

Além disso, o jogo usa elementos de terror para direcionar a série para um cenário de horror/survival. Por exemplo, os jogadores devem escolher entre segurar uma lanterna ou segurar uma arma.

Por fim, Doom 3 tem vários modos de deathmatch multiplayer para até 4 jogadores. Posteriormente, a comunidade modificou o recurso para permitir até 16 jogadores.

Doom 3 Resurrection of the Evil (2005)

Doom 3: Resurrection of Evil – 2005 (Expansão para Doom 3)

Doom 3: Resurrection of Evil é uma expansão do Doom 3 feita pela Nerve Software. Ele estreou para o Windows em 2005 e Xbox. Atualmente, também está disponível para o Windows.

A sequência apresenta 12 níveis single-player, seis novos inimigos e vários novos mapas multiplayer. Além disso, traz de volta a espingarda de cano duplo da Doom II.

Ele também adiciona dois recursos. O primeiro é o levitador de plasma ionizado, uma arma que escolhe e move certos itens, bem como pequenos projéteis. Curiosamente, é bastante semelhante à Gravity Gun de Half-Life 2, e o jogo da Valve estreou no mesmo ano.

A segunda característica é o Heart of Hell e o Bloodstone, artefatos demoníacos com três habilidades. Estes ficam disponíveis para o matador depois de derrotar três chefes.

Doom II: No Rest For The Living (2010) - Expansão

Doom II: No Rest for the Living – 2010 (Expansão Doom 2)

No Rest for the Living é a segunda expansão para Doom II. Ele estreou para Xbox 360 em 2010. A Nerve Software criou o pacote sob a supervisão da iD Software.

A expansão tem 8 novos níveis e um nível secreto. Ocorre após a campanha de Doom II e funciona como uma homenagem ao Doom original.

Doom 3 BFG Edition (2010)

Doom 3: BFG Edition – 2012 (Pacote & Remaster)

A BFG Edition é uma remasterização de Doom 3. Ele estreou em 2012 para Windows, Xbox 360 e PS3. Atualmente, também está disponível para Windows.

O BFG traz gráficos aprimorados, áudio aprimorado, efeitos sonoros de terror extras e pontos de verificação. Outras adições incluem suporte a exibição 3D e suporte a HDM. Em termos de jogabilidade, também adicionou a capacidade de usar a lanterna e as armas ao mesmo tempo.

A BFG Edition também é um pacote que inclui:

  • Doom 3
  • Doom 3: Resurrection of Evil
  • Doom 3: The Lost Mission (Doom 3 cut-content of 8 extra levels)
  • The Ultimate Doom
  • Doom II: Hell of Earth
  • Doom II: Master Levels of Doom
  • Doom II: No Rest for the Living.
Doom Classic Complete (2012) - Pacote

Doom Classic Complete – 2012 (Pacote)

Doom Classic Complete é um pacote Doom que estreou originalmente para PS3 em 2012. Atualmente está disponível no Steam.

O pacote nclui:

  • Ultimate Doom
  • Doom II
  • Master Levels for Doom II
  • Final Doom

Série Reboot (2016 – )

Doom – 2016 (Série Principal)

Doom – 2016 (Série Principal)

Doom é o reboot de 2016 da série. A iD Software é a única desenvolvedora e a Bethesda Softworks tornou-se a editora desta vez.

Um novo Doom Slayer volta para lutar contra as forças do Inferno. Demônios e mortos-vivos estão atacando um UAC em suas instalações em Marte. O Slayer deve conduzir os seres infernais de volta para onde eles pertencem.

Doom 2016 apresenta um sistema de progressão de personagem, travessia ambiental, habilidades de mobilidade aprimoradas e um amplo arsenal. Além disso, possui vários inimigos, cada um com pontos fracos, comportamentos e habilidades.

Além disso, o jogo introduziu o sistema “Glory Kills”. Depois de surpreender um inimigo com dano suficiente, o Slayer pode matá-lo com uma ação corpo a corpo especial. Uma morte gloriosa recarrega a munição.

Da mesma forma, você pode matar a maioria dos inimigos fracos com uma motosserra ou matar um inimigo forte ferido com a arma. Ele restaura munição em vez de saúde.

Com esses dois recursos aprimorados de mobilidade Doom tornou-se um jogo frenético de gerenciamento de HP e munição (combustível de motosserra também). Além disso, os gráficos, a trilha sonora e a campanha foram de arrasar, os melhores que a série já teve.

Doom VFR – 2017

Doom VFR – 2017 (Spin-off em VR)

Doom VFR da iD Software é o primeiro título Doom VR. Ele estreou em 2017 para Windows (Oculus Rift e HTC Vive) e PlayStation VR.

No entanto, você não pode jogar como o Slayer. Em vez disso, você joga como um sobrevivente cibernético, um soldado UAC que luta contra uma invasão demoníaca de Marte. É uma história canônica que acontece depois de Doom II.

A jogabilidade permite que você viaje pelas instalações do UAC, se teletransporte, use um jet-strife e use várias armas para lutar. É necessário personalizar com cuidado a ligação de teclas para fazê-la funcionar para você, pois o jogo é difícil e os jogos de realidade virtual podem ser desajeitados.

Depois de ajustar os controles, pode ser um ótimo jogo. No entanto, virar e mover em VR é desafiador, e a série Doom requer mobilidade rápida. Se você já possui uma configuração de VR e se é um Doom 2016, experimente.

Doom Re-lançamento 2019

Doom Relançamento – 2019

Em 2019, a Bethesda relançou Doom, Doom II e Doom 3 para iOS, Android, Xbox One, PS4, Windows e Nintendo Switch.

Doom Eternal – 2020

Doom Eternal – 2020 (Série Principal)

Doom Eternal estreou para PS4, Xbox One, Windows e Google Stadia em 2020. Há também uma versão otimizada para consoles de nova geração.

Doom Eternal aperfeiçoou a fórmula Doom 2016 e adicionou elementos extras. Para começar, a maioria das armas tem duas variações e sobe de nível em dois caminhos diferentes. Possivelmente fica um pouco mais fácil usar todas as armas, pois cada inimigo apresenta fraquezas específicas.

Em segundo lugar, o Praetor Suit tem várias atualizações, vantagens que aprimoram granadas, o lançador de fogo, mobilidade e muito mais.

Em terceiro lugar, você pode ter três vantagens adicionais ativas a qualquer momento (runas). Você encontra as runas da exploração e elas melhoram e mudam muito o seu estilo de jogo.

Além disso, o jogo é um sistema que mostra como o Doom Guy danifica os inimigos. Ao atacar o monstro, você verá como sua carne, ossos e armaduras caem.

O jogo é linear, mas os mapas são amplos e cheios de segredos. Um desses segredos é desbloquear o jogo Doom original completo. Falando nisso, o hub (The Fortress of Doom) também tem alguns segredos. É um lugar onde você pode desbloquear algumas armas, skins e upgrades.

O jogo também inclui um modo multiplayer, o “Battlemode”. Ele oferece partidas entre um Doom Slayer e um demônio.

Doom Eternal: The Ancient Gods Part One - 2020 (Expansão Doom Eternal)

Doom Eternal: The Ancient Gods Part I – 2020 (Expansão Doom Eternal)

Doom Eternal termina quando o Slayer derrota o Ícone do Pecado, interrompendo assim a invasão do Inferno na Terra.

A vitória teve uma consequência, no entanto. As forças do Inferno conquistaram Urdak, os céus onde reside a raça Maykr. Eles precisavam do Inferno para ter sucesso na Terra, pois usavam a energia criada pelas almas sofredoras para alimentar sua tecnologia.

O Slayer, ao lado do cientista Samuel Hayden e outros aliados, partiu para salvar a raça divina.

Em termos de jogabilidade, a expansão é reproduzida em três níveis e adiciona vários novos inimigos.

Doom Eternal: The Ancient Gods Part Two - 2021 (Expansão Doom Eternal)

Doom Eternal: The Ancient Gods Part II – 2021 (Expansão Doom Eternal)

The Ancient Gods Part II estreou em 2021. Leva o Doom Slayer a Immora, a capital do Inferno, para derrotar o Lorde das Trevas em um confronto final.

O jogo abre os cenários mais loucos e criativos que a série já viu. O Doom Slayer visita vários planetas e dimensões, encontra várias divindades e descobre informações importantes sobre a história do game.

A expansão apresenta vários novos inimigos, uma batalha final excruciante, uma nova arma e quatro níveis.

Todos os Jogos Doom em Ordem Cronológica

  • Doom – 1993
  • Doom II: Hell on Earth – 1994
  • Master Levels for Doom II – 1995
  • The Ultimate Doom – 1995
  • Final Doom – 1996
  • Doom 64 – 1997
  • Doom 3 – 2004
  • Doom 3: Resurrection of Evil – 2005
  • Doom II: No Rest for the Living – 2010
  • Doom 3: BFG Edition – 2012
  • Doom Classic Complete – 2012
  • Doom – 2016
  • Doom VFR – 2017
  • Doom Eternal – 2020
  • Doom Eternal: The Ancient Gods Part I – 2020
  • Doom Eternal: The Ancient Gods Part II – 2021
One thought on “Jogos Doom em Ordem de Data de Lançamento”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *